Páginas

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

E hoje o dia amanheceu mais branco!

Por Fausto Monteiro, convidado apaixonado da semana.

Por volta das seis horas da manhã, o tempo amanhecia chuvoso nesta quarta-feira na capital paulista. Gotas começavam a cair e o torcedor santista saía de sua cama para se preparar para assistir/ouvir/acompanhar o jogo, seja por qual meio de comunicação ou transporte.

A tensão era grande e o medo da repetição do mico do Internacional contra o Mazembe em 2010 pairava no ar. Afinal, o Kashiwa Reysol tem um time melhor que o congolês que derrotou o Inter.

Todos preparados para partida e eis que por volta das oito horas, raios solares começam a surgir e a chuva dá lugar para o sol neste escaldante verão de final de ano. E o jogo começa. O Santos, um pouco nervoso no início da partida, deixou o time japonês com maior posse de bola.

Mas foi apenas para dar um apetite e uma sensação de que o jogo poderia se complicar.
Antes dos 25 minutos, Neymar (sempre ele) e Borges deram o ar da graça, com dois verdadeiros golaços em chutes de fora da grande área.

A torcida se acalmou e o Brasil respirou mais tranquilo, afinal, muitos podem torcer contra o Santos, mas a grande maioria queria ver um show de Neymar. E ele fez questão de se mostrar para o mundo inteiro.

Os mais apaixonados começaram a cogitar um troco do Santos em cima de Nelsinho Baptista, hoje técnico do time japonês, que foi apontado como principal culpado da goleada sofrida por 7 a 1 contra o Corinthians em 2005. Mas, o clube paulista acabou tirando um pouco o pé no final do primeiro tempo e acabou levando um gol de cabeça logo no início da etapa final, em uma falha da zaga santista.

Quem achou que uma nuvem negra iria pairar novamente sobre o Brasil e o Toyota Stadium estava muito enganado, pois após cerca de dez minutos Danilo ampliou o placar para 3 a 1, em uma cobrança de falta muito bem batida e, é claro, de fora da grande área. E o Brasil respirou aliviado apesar das tentativas sem sucesso (com erros grotescos) do time japonês de diminuir o placar.

Agora? Que venha o Barcelona. Amanhã (quinta-feira), eles jogam contra o Al Sadd do Qatar. Se nenhuma zebra acontecer (o que seria talvez a maior da história), no domingo o time catalão e o Santos se enfrentarão valendo o título mundial. E aí amigo, parafraseando nosso querido (?!) Galvão Bueno, haja coração! É Santos x Barcelona! É Brasil x Espanha! É América do Sul x Europa! E é, claro, Neymar x Messi! Que vença o melhor, mas o show não pode parar!

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Corrigiu...parabéns Fausto..Presente de natal pro seu pai..rs

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...